Páginas

17 de ago de 2014

Coleção de viagem - meus bibelôs

Meu mural de ímãs de viagem, que já invadiu meu outro mural - o de fotos


Existe post só com fotos? Existe sim, que já vi. Então este post aqui vai ser mais um deles. Vez ou outra me perguntam se comprei muita coisa quando estive fora. Perto do que eu geralmente gasto com souvenirs, nessa viagem eu gastei horrores, pois normalmente não trago nada. Um ímã e um bóton e é isso aí.

Mas aí fiquei com vontadinha de mostrar as coisas lindinhas que eu tenho porque sou apaixonada por cada uma delas. Pra começar, minha coleção de ímãs. Aí em cima uma visão geral (e incompleta, pois outra parte está no meu mural de fotos) e aqui embaixo os detalhes dos ímãs que comprei na Inglaterra e em Paris.

Tem plaquinhas de ruasviking de York, Pulteney Bridge de Bath, red bus e black cab

Meus preferidos de Paris: o quadro de Monet, no canto à esquerda, e o Café de Paris, à direita


Dentre os mimos que comprei em Paris, o carrossel é meu xodó. Achei por acaso, numa lojinha entre o metrô e o Musée d'Orsay. O carrossel pequenino que está em cima da caixinha de música que toca "La Vie en Rose" foi comprado em Buenos Aires, mas quem liga pra esse detalhe? O relógio é da lojinha de souvenir de Versailles, mais especificamente da casa da Maria Antonieta. Lindimais, né?


Miniaturas de prédios, balão do Maché deux Fleurs, carrossel e Tour Eiffel que a Nay me deu anos atrás


De Londres trouxe um bocado de latinhas e aí embaixo tem algumas delas. O Big Ben com o Peter Pan voando veio cheio de caramelos deliciosos; a lata redonda e vermelha era dos biscoitos amanteigados mais maravilhosos que já comi na vida e comprada no Windsor Castle, assim como a lata de chá, azul claro, com leões. Na latinha da Beatrix Potter veio uma caneca fofucha do Peter Rabbit e a redondinha à direita veio cheia de biscoitos amanteigados com um toque de limão maravilhosos comprada em Hampton Court, o palácio dos Tudors.Quase imperceptível à direita, a latinha de Coca-Cola personalizada com meu nome, que ganhei na exposição Cinéma Paradiso, em Paris.

 



Em seguida meus pequenos bibelôs. Meus soldadinhos de chumbo, com destaque para Henrique VIII e Elizabeth I e meu bonequinho que desmonta quando você aperta embaixo (mais retrô não há!) são meus preferidos. Tem ainda o guarda real na casinha real, que comprei em Windsor, um palácio real, rs. A cabine de telefone é um cofre que eu já tinha antes de viajar e na frente dela é uma miniatura da Torre de Londres, com direito aos corvos que são criados lá.




Meu aparador de livros foi presente de Natal da minha amiga e, tirando os exemplares de Jane Austen, comprei todos os outros por lá. "Jane Austen stole my boyfriend" foi comprado no Jane Austen Centre, em Bath, mas a história é ruim de doer. Tem também Le Petit Prince, comprado em um museu em Paris, assim como o quadradinho azul escrito Paris. Este, assim como o Royal Palaces e London, são pequeninos livros de pop-up que eu amo / sou alucinada / viro criança. Por fim, a coleção de todos os livros da Beatrix Potter, que é puro amor.




Aí embaixo seguem os livrinhos abertos pra vocês terem uma noção de como eles são.








A coleção da Beatrix Potter tem 12 contos infantis, lindamente ilustrados.

 





Os que vêm a seguir enfeitam parte do meu guarda-roupa. Tem Elizabeth Tudor, dois postais de Hampton Court e o mapa abaixo é da Londres da época da Era Tudor. Depois vem I love Darcy, por uma questão de prioridades, e dois esquetes com o resumo da história dos meus livros favoritos da Jane Austen, Pride and Prejudice e Sense and Sensibility, comprados no Jane Austen Centre, em Bath.




Quando comprei esses postais, a intenção era enviar para os amigos no Brasil. Mas aí fui criando amor, enrolando pra escrever e, quando dei por mim, eles ainda estavam comigo quando voltei pro Brasil. Daí desencanei, tomei pra mim e enfeitei meu quarto. É a primeira coisa que vejo todos os dias quando acordo.





Essa bobagem eu vi no Madame Tussauds, aquele museu de cera que, por sinal, é um saco (#ficaadica). Mas era uma bobagem tão maravilhosamente maravilhosa, que eu achei que precisava carregar essa breguice comigo e desfilar ela depois no blog. Por que não?




E por fim um poster vintage que eu levei meses pra decidir onde colocar, não consegui me decidir e acabou na porta mesmo. Eu simplesmente adoro essas cores desbotadas e o apelo retrô que ele tem.




E vocês? Guardam lembranças de viagem? Qual o xodó da sua coleção?

4 comentários:

  1. Respostas
    1. Obrigada, Helô!
      Eu sou louca com sua coleção de globinhos!!! Já tentei fazer, mas todos que já comprei na vida quebraram em acidentes domésticos lá em casa, daí desisti. rs

      Excluir
  2. Eu tenho coleção de ímãs também. Mas estão guardadinhos numa caixinha, por pura falta de inspiração e tempo de arranjar um cantinho legal e um mural para eles. Também tenho um Petit Prince, comprado numa daquelas barraquinhas às margens do Sena. Sempre trago tranqueirinhas de cozinha, tipo canecas e acessórios diferentes. Mas meu xodó é um conjuntinho de 4 botons dos Beatles que comprei em Londres. Já estão separadinhos pra colocar na bolsa de fraldas do baby :)
    P.S.: Quanto amor essas luzinhas de bus vermelho!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas como vc tem coragem de não exibir esses bibelôs, Nay? Tô impressionada! Tem que mostrar a figura deles na Medina! E eu esqueci mesmo de falar dos bus! Comprei no museu do Tate Modern, assim como o poster vintage! Quaissss morri quando vi esses ônibus, foi amor à primeira vista, tive que desembolsar as absurdas VINTE-E-QUATRO-LIBRAS por eles! hehehehe
      :**

      Excluir

Pra ser avisado sobre uma resposta pro seu comentário, lembre-se de marcar a caixinha de "Notifique-me" ali, no cantinho à direita.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...