Páginas

13 de ago de 2014

Aprendendo a ouvir música com os seriados de TV

Silvio Santos sempre foi rei lá em casa aos domingos, principalmente com Qual é a Música

Eu sempre gostei de música. Sou uma pessoa musical. Sou criança criada na TV do Silvio Santos em que ele fala uma palavra e você canta uma música que a cite. Mas entre gostar de música e entender de música tem um gap aí que não sei nem calcular.

Eu entendia de Hanson e de Backstreet Boys na adolescência só porque era dessas de colocar pôster no quarto e suspirar de amores por Taylor Hanson e Nick (Nicholas Gene Carter - aham!). Pergunte sobre qualquer outra coisa e meu cérebro vai te dar o silêncio em resposta. Meu amigo até hoje não superou o fato de eu ter dito "Scorpions who?" quando ele - em polvorosa - falou que teria show do Scorpions em Goiânia.


Ouvia todos os dias, no repeat

Tenho uma bela coleção de músicas no computador, conseguidas via iMesh (quem lembra?) e baixadores de .mp3 (vou ser presa?), escolhidas aleatoriamente. Quando ouvia alguma coisa na rua, pescava um pedaço da letra e jogava no Google. A vida era assim na década de 2000.

Daí eu fiquei velha e comecei a prestar mais atenção nas músicas - quem cantava, de que ano era, a que estilo pertencia. O primeiro impulso que tive para procurar canções novas foi o programa da GNT, Chegadas e Partidas. Comecei a assistir e logo me encantei por uma musiquinha. Procurei no Google, achei, baixei e assim foi indo até eu ter conseguido umas 10 diferentes. Daí por um acaso fui ver o site deles e havia toda a trilha sonora de todos os episódios. Muito amor. Baixei tudo e tenho uma pasta no computador chamada Chegadas e Partidas que é uma bela de uma coletânea.

A partir de então fiquei de ouvidos atentos para a trilha sonora de filmes e seriados - uma paixão que toma 90% do meu tempo livre. O último seriado que me rendeu boas pastas de músicas foi My Mad Fat Diary, ambientado no ano de 1996 e com uma trilha sonora que ó... (pinçada de dedo na pontinha da orelha!) Só sei que agora tô lá com uma pasta maravilhosa de Oasis e me perguntando sem parar por que eu não ouvi mais disso na minha adolescência (eu sei o porquê, estava ouvindo Spice Girls, me julguem).




Antes mesmo do Spotify chegar ao Brasil, eu me encantei pela Deezer, que entende direitinho minha vibe musical. Só me oferece música certa. Saudades de quando rolavam umas propagandinhas no meio com sotaque britânico (Dízah!), agora é tudo em português. Snif. Eu tinha tentado outros sites de música, tipo LastFM, Rdio e até o tal Spotify, mas me dei bem mesmo com a Deezer (depois de tantos elogios é bom lembrar que esse post não é patrocinado - mas tamos aí, hein, Deezer?!).

E vocês, gente? Que site vocês usam pra ouvir música?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pra ser avisado sobre uma resposta pro seu comentário, lembre-se de marcar a caixinha de "Notifique-me" ali, no cantinho à direita.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...