Páginas

19 de fev de 2014

A linda e bucólica Cambridge


Com o tempo curto pra conhecer toda a Inglaterra, tive que perguntar à minha hostess se eu deveria ir a Oxford ou a Cambridge. Ela não teve dúvidas. E depois que voltei, não tive dúvidas também. Cambridge é uma pequenina cidade universitária que parece ter saído de um dos quadros de Monet. Paisagem bucólica, colorida de verde, roxo e amarelo pálidos.


Meu passeio bate-volta tinha como objetivo admirar a paisagem do local e conhecer um pouco sobre a história da cidade e da Universidade de Cambridge, que praticamente se confundem. Devo dizer que a cidade tem uma vida cultural agitada, afinal, está cheia de jovens estudantes. Mas eu fiz um passeio de vovó, contemplando tudo com minha amiga Annica.

Saímos de trem de Kings Cross e chegamos em Cambridge mais ou menos 1h30 depois. A passagem custa em torno de £14 ida+volta. Na estação ferroviária alugamos uma bicicleta por £10 pelo dia todo e fizemos o percurso até o centro na magrela. Foi bom apenas porque foi uma coisa diferente, mas não foi nada prático ou barato e, definitivamente, não aconselho. Se você for andando até o centro leva uns 30 minutos, e se for de táxi custa umas £8.



No centro do centro é muito complicado pedalar por causa da quantidade de gente e por fim decidimos largar a bicicleta de lado e fazer tudo à pé mesmo. Logo na entrada encontramos uma feirinha a céu aberto e uma das barraquinhas era de "amostra grátis" de todas as comidas que se vendiam por lá. E foi nesse momento que me apaixonei sinceramente pelo pesto vermelho.


Nós nem estávamos com fome, mas tudo era tão maravilhoso que decidimos comprar umas coisinhas pra fazer um piquenique. Na feirinha compramos pão italiano, um pedaço de queijo (lembra parmesão), azeitonas temperadas, pesto vermelho e tradicional. Não lembro exatamente quanto ficou tudo, mas pra nós duas não passou de £10. Resolvemos completar com uma caixinha de morangos e 2 garrafas de cider do Marks & Spencer que tinha ao lado. Um lindo parque verde logo a uma quadra dali foi o cenário da nossa comelança. O prazer desta refeição está vivo na minha memória até hoje. Uma delícia inenarrável.

Na feira ainda encontrei macarons e gingerbread!!

Eu e Annica de palhaçada depois de encher a pança!

Depois do almoço nos perdemos um pouco em meio às ruas com esse estilo gótico nas construções. Eu amo os gárgulas, e vocês? As igrejas e universidades tem o estilo gótico, mas as construções residenciais se aproximam mais do estilo vitoriano.

Gárgulas

Nessa parte ainda dava pra pedalar


Rua em Cambridge

Kings College
Caminhando até o Kings College, o mais famoso prédio da Universidade de Cambridge, fomos abordadas por uma dessas equipes que faz o walking tour. Como eu não sabia muito sobre a cidade, achei uma boa e topamos. Custou £7 pra cada uma (mas eu sei que tem grátis, viu, gente? procurem antes de chegar lá!) e a nossa guia, que tem Mestrado em Cambridge (ui!), nos acompanhou pelos principais prédios históricos da cidade e em praticamente todos os colleges. Achei que valeu muito a pena.



Detalhe do Kings College

Na parede do The Eagle, a lembrança da descoberta do DNA
Outra chateação que tivemos com a bicicleta é que tínhamos que devolvê-la em uma espécie de garagem às 17h ou pagaríamos £50!! Por isso, tivemos que abandonar a guia um pouco antes do fim do passeio e correr - literalmente! Depois de nos livrar deste pesadelo, resolvemos tomar uma pint no The Eagle, um dos pubs mais antigos da cidade e onde Watson e Crick anunciaram a descoberta do DNA. Taí uma coisa que a gente só ficou sabendo por causa do passeio guiado.

Outro passeio bem característico é a volta de gôndola. Com o custo de £12 o moço rema rio abaixo e você vê todos os colleges que estão à margem do Rio Cam. É romântico e bucólico, mas como a gente já tinha visto à pé todas as coisas que viríamos na gôndola, acabamos achando o passeio dispensável. Para voltar à estação de trem decidimos dividir um táxi, que ficou em £8. Foi nessa estação que descobri que é possível colocar essência de menta no chocolate quente. Depois disso, fali comprando hot chocolat with mint no Costa. Slurp.

As gôndolas

Passeio bucólico rio abaixo
Resumindo: não vejo a hora de poder voltar a Cambridge pra um passeio despretensioso e, se tiver sorte, conhecer a casa de chá que vi no post de alguém que já não me lembro mais. Você já foi a Cambridge? Tem algum passeio pra sugerir? Ficou com vontade de ir? Me conta aí nos comentários!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pra ser avisado sobre uma resposta pro seu comentário, lembre-se de marcar a caixinha de "Notifique-me" ali, no cantinho à direita.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...