Páginas

7 de nov de 2013

Holkham, uma das melhores praias do Reino Unido

Euzinha na praia de Holkham


Hoje tem post de viagem!! \o/
Sabe, eu cheguei em Londres no dia 5 de maio de 2013 e já na segunda-feira, dia 6, era bank holiday, o que significa que eu não teria aula e os ingleses fechariam todas as portas e estariam ávidos por fazer algo fora de Londres. Com a minha família inglesa não seria diferente. Nos meus planos estava a visita a Hampton Court, mas aí Omega me convidou pra ir com eles, no carro, e que era praia e que seria legal fazer um piquenique e que eu tinha que ir. E eu só pensava: mas o quê??? Praia?? Nesse frio??? Mas ah... tá na chuva, bora molhar, né? Minha única pergunta foi: o que devo usar? Resposta: calça jeans e tênis. Ufa! Porque é claro que eu não havia levado biquini! :)

Boa parte da paisagem que eu via de dentro do carro era essa

Saímos de casa por volta das 8h e levamos quase a manhã toda pra percorrer 200km até Holkham, em Norfolk (não sei se devo dizer norte ou nordeste da Inglaterra, mas enfim), porque o Mark errou o caminho resolveu passear mais um pouco pra eu admirar a paisagem. Não preciso nem dizer quantas coisas malucas rolaram, porque eu tinha acabado de chegar, meus ouvidos ainda tavam se acostumando ao inglês e toda hora eu empolgava contando alguma história e a Omega falava "Marla, você está falando português!". E ria pra morrer. E eu ria, e as crianças tiravam sarro de mim e cantavam musiquinhas de passar o tempo na viagem e quando chegava a minha vez eu cantava em Lálálálálálálá porque é claaaaaro que eu não fazia ideia da letra. Foi bem divertido! A paisagem é fofinha, meio bucólica, com essas flores amarelinhas que eu não sei o nome, mas que me disseram que são usadas pra fazer biocombustível (nível de inglês desta pessoa?). [UPDATE: A Nadia matou a charada. Isso é canola, usado pra fazer óleo comestível e óleo combustível. Valeu, Nadica!]

Vaquinhas de casaquinho

Quando a gente finalmente chegou e finalmente conseguiu um lugar pra estacionar [PAUSE: tem que estacionar, ir até uma maquininha longe bagarai, pagar umas moedinhas e deixar um papelim no carro. Ninguém tá lá pra conferir, mas TODOS os carros tavam com o papelim. Bom dia, primeiro mundo!], a primeira coisa que eu pensei foi: mas cadê a praia???????? Sou carioca, gente. Tô acostumada com descer do elevador do prédio e já sujar o pé de areia. Mas o que eu vi foi uma vaquinha de casaco. Sério. Que vaquinhas peludinhas. Pura fofura.

Aí a Omega me apontou o caminho que a gente ia percorrer e eu pensei "uau, que legal, praia depois da floresta, que coisa mais mata atlântica #sqn".

Caminho que leva à praia e onde estacionam os carros

Não se engane. Esse caminho é gigantesco e endless. Anda, anda, anda. Anda mais. Muda a paisagem, mas não chega na danada da praia.

Muda a paisagem e nada de chegar no mar

Omega do céu, essa praia chega ou não chega??? A gente já tava caminhando há uns 20 minutos! Cheeeeeeeeeega. Olha ela lá!

Mundo véio de areia fofa

Mas Omega!!! Cadê o mar? De que adianta esse tantããããããõoooo de areia se não tem um mar pra te refrescar da caça ao tesouro? E anda mais. Mais uns 10 ou 15 minutos pra atravessar esse deserto do Saara inteiro pra ver o mar. Sorte do dia: tem sol, mas não tá calor.

Ufa!!
Pensa numa praia grande? Agora aumenta muito, muito mais. Pra onde quer que você olhe, você só vê praia. Só natureza. E não se engane, a praia estava lotada. Só que ela é tão grande, mas tão grande, que o povo se espalha e você acha que não tem ninguém.

Areia prum lado
Areia prum outro. É praia que não acaba mais

Daí a gente subiu num morrinho e armou acampamento, fez piquenique. Foi bem legal. Se vocês olharem lá na primeira foto, vão ver que eu tô de tênis e casaquinho. A mulher atrás de mim tá de maiô. Avaliem. Eu fui até a água, claro. E ela nem estava tão fria quanto imaginei. Com um pouco mais de coragem, eu teria entrado. Mas depois eu teria que colocar o pé cheio de areia dentro do tênis outra vez e eu morro de agonia de areia.

Cheia de conchinha e não tão fria quanto imaginei

No fim da tarde, quando voltávamos pra civilização novamente, acho que a maré subiu e a água formou uns canais em partes da areia. Na época eu não tirei foto, porque tava difícil atravessar com água até o joelho e acabou que eu precisei tirar o tênis pra poder passar e depois tive que enfiar o pé cheio de areia no tênis de qualquer maneira. Uma chateação. Por um acaso, achei uma foto disso no gúgôu. Ó lá:

Dá pra reconhecer essa entradinha aí da minha foto, né?

Nessa hora eu achei que fosse o fim do passeio, mas o Mark quis me levar no parque que tem do lado oposto à praia. Tirei várias fotos fofinhas, mas já estava tarde, então não dava pra entrar e passear com calma.

Entre a praia e o parque
No parque tem veadinhos, mas eles são rápidos e ficam longe

Dentro do parque tem um castelinho com hall cheio de coisinhas delícia pra comer. No dia em que fomos, estava rolando um evento com um monte de gente nas suas bicicletas e, pelo que entendi, há eventos o ano inteiro. O lugar é um sonho.

Parece uma vilinha esse hall com restaurantes e bistrôs
Lago dentro do parque
O castelinho fofinho

E esse foi o meu primeiro passeio na Inglaterra - antes mesmo de conhecer Londres! Super recomendo o lugar, que está entre as 10 melhores praias do Reino Unido, segundo uma lista publicada no VisitBritain e outra publicada no Molho Inglês. Depois descobri que é a praia preferida da rainha pra levar os totós pra passear e foi lá também que gravaram o final de Shakespeare Apaixonado. Já tá bom de razões pra você se aventurar, né? Se quiser saber mais sobre o lugar, como ir e onde se hospedar, basta clicar neste link aqui. E não perca os próximos posts das minhas aventuras turísticas - ainda vêm por aí Bath, Cambridge, York e muito mais. Pra ver todos os posts de viagem, é só clicar na tag Viagens aí do lado direito. Inté!

4 comentários:

  1. Nadia Kalim Atieh-Mattila8/11/13 00:09

    Matei a charadeeeenha ! :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nadica arrebentando nas charadeeeeenhas!! \o/

      Excluir
  2. Achei seu blog hj e adorei o post! Que praia enooorrme! Nunca tinha visto... adoro posts cheio de fotos ;) e vc escreve bem. Dei risada no “top 10“ de coisas q irritam os londrinos. (Mas vamos combinar, não são só eles que se irritam com aquelas situações né rs)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também adoro posts cheios de fotos, T.! Vou me esforçar pra colocar mais imagens nos próximos! Principalmente nos de viagens que fiz. Obrigada pelo elogio e conte aí também o que mais te irrita em terras europeias! ;)

      Excluir

Pra ser avisado sobre uma resposta pro seu comentário, lembre-se de marcar a caixinha de "Notifique-me" ali, no cantinho à direita.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...