Páginas

18 de out de 2013

Estudando no UK: tempo de preparação


Estou decidida e motivada a conseguir uma bolsa de estudos para fazer uma pós-graduação em Londres. E gente, nem Google nessa causa. Sim, há muito material e centenas de sites que indicam outros sites pra localizar um curso, uma bolsa, como se preparar etc. Mas o que eu queria mesmo era um brazuca que tivesse passado por todo os perrengues e contasse isso num blog. Alguém conhece? Me manda o link?

Como eu não encontrei (ok, confesso. Minha busca foi rasa), resolvi eu mesma contar aqui no blog, num marcador fofíssimo chamado Estudando no UK (aceito sugestões porque essa é meio podrona/óbvia), tudo o que eu for encontrando e sofrendo no caminho. Torçam por mim pois se tudo der certo os posts vão virar uma espécie de tutorial. Por outro lado, se tudo der errado vocês terão lido tudo isso em vão.

E o tuuuuuuudo isso são 2 anos de posts, gente. Já é minha primeira dica: começar com antecedência. Nem adianta sofrer por antecipação. Por que demora tanto? Razão nº 1: os cursos começam no outono ou na primavera. Em vários deles, o começo é apenas no outono, também conhecido como Setembro. O que eu quero, por exemplo, é um desses que só começam uma vez no ano. O processo de juntada de documentos pode fazer um pouco do seu cabelo cair (quem nunca?) e levar alguns meses. No meu caso, ao menos seis meses porque eu preciso me preparar pra conseguir o certificado de inglês.

O ideal é checar no site de CADA universidade qual o nível do inglês exigido para se inscrever no curso. Vai por mim, cada uma delas pede uma coisa diferente. O que é comum a todas é o IELTS, que puta que pariu só vale por dois anos. Qual minha estratégia? Fazer o IELTS mas também fazer o Cambridge, que não tem prazo de validade (é isso mesmo, produção? Se vc achou alguma informação que prove o contrário, favor informar nos comentários! UPDATE: Achei a informação que ratifica não haver prazo de validade para o Cambridge aqui). Normalmente a maioria das universidades britânicas aceita o Cambridge com os dois níveis mais altos: CAE e CPE. Então é isso. Farei os dois, que tem provas sazonais.

Isso nos leva à próxima etapa. Com o certificado em mãos (e os demais documentos, of course!) você deve se inscrever no curso. Como eu estava um pouco confusa em relação às datas, mandei um email pra Goldsmith pra eles me esclarecerem umas coisinhas. A primeira coisa que o escritório do Programa de Pós-graduação me explicou é que eles levam, em média, cerca de um mês para analisar os documentos e aprovar ou indeferir a proposta do candidato. A boa notícia é que você pode mandar sua inscrição a qualquer momento do ano, a única data que importa é a data final/limite. Mas não existe "entredatas" pra fazer a inscrição, o que já facilita, né?

Para uma das bolsas que estou olhando (Chevening) você precisa se inscrever com um ano de antecedência do começo do curso e precisa estar com a aprovação da universidade nas mãos. Reeeeeesumindo: preciso me inscrever pro curso Setembro/2014 da Goldsmith, ser aprovada e então me inscrever até Setembro/2014 na Chevening pra tentar a bolsa que me dá direito a começar a estudar em Setembro/2015. Veash, mas que confuso!! Mas é isso mesmo. A mocinha fofa da Goldsmith me explicou que uma vez aprovada, você pode pedir pra começar o curso no ano seguinte que não há possibilidades de você perder a vaga.

A culpa é toda da Chevening, que pede um prazo tão grande. Não. Não falemos mal da Chevening porque ela é uma das candidatas a me mandar for free pra Londres ser feliz. Nos próximos posts vou especificar melhor cada uma das coisinhas que eu for encontrando - com links, inclusive - pra facilitar a vida de todo mundo (ou não). Até lá todo mundo pode ir cruzando os dedinhos? Obrigada!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pra ser avisado sobre uma resposta pro seu comentário, lembre-se de marcar a caixinha de "Notifique-me" ali, no cantinho à direita.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...