Páginas

15 de mai de 2013

A segunda guerra está entre nós

Toda sexta-feira a escola organiza Pub Crawls no centro de Londres pra socializar a galera. São três bares pré-selecionados e com horários pré-definidos. Cheguei no primeiro às 19:30, como estava programado e, claro, não tinha ninguém. Pensei "ok, vou ficando, uma hora aparece alguém". Uma hora depois, quando deveríamos estar no segundo pub, ninguém apareceu também. Incrivelmemte eu estava paciente, sem estressar. Até que...

Até que chegou uma japonesa/chinesa/coreana (não sei distinguir, desculpem e lidem com isso) com um papelzinho da escola e eu pensei "ueba!". Puxei conversa, falei que era da mesma escola e que estava esperando alguém chegar e blá blá blá. Tudo que ela disse foi "tô esperando uma amiga chegar". Foi prum canto da parede e ficou lá ouvindo sabe-se lá o quê naquela porra de fone de ouvido.

Foi nessa hora que eu apelei e fui embora. Porque, né? Paciência tem limites. Gente, se vc vai prum pub crawl, espera-se que vc esteja disposto a fazer novos amigos. Se vc já tem um amigo, vá pra outro pub pra encontrá-lo, né? Foi só na segunda-feira que descobri que:
1. Ninguém vai no primeiro pub
2. O segundo pub é gay
3. Vc só deve chegar na última hora pro último pub.

Resumindo: não vou mais nessa porra.

Outra coisa, e aí espero contar com a ajuda do meu nobre amigo historiador Rainer Sousa. Todo mundo odeia todo mundo! Sabe a II Guerra Mundial? Então, ela não acabou na Europa, so sorry. Vamos ver se eu consigo lembrar de tudo:

Suíços germânicos odeiam suíços franceses
Suíços franceses odeiam suíços germânicos
Finlandeses odeiam suecos
Suíços odeiam franceses
Espanhóis odeiam espanhóis
Franceses odeiam franceses

E certamente estou esquecendo de mais nacionalidades odiando umas às outras. Gente, isso não é como brasileiros e argentinos. Na minha sala tem uma finlandesa de origem sueca. Daí o professor perguntou pra outra finlandesa o que ela achava disso e ela disse que preferia se manter calada. Num era piada, ela tava falando sério. Ficou climão na sala.

Mais tarde fui almoçar com a suíça francesa-italiana e ao nosso lado tinha um francês. Puxei papo e ele foi super de boa e tal. A suíça ignorou o coitado até a morte. Depois quando a gente saiu da sala ela comentou "mas que merda esse francês sempre tentando ser amigo na hora do almoço".

Hoje fui eu de novo. Comprei o almoço e sentei numa mesa que tinham: suíças, japoneses, finlandeses, colombianos e franceses. Os franceses estavam comendo comida japonesa. Puxei conversa "ô, japonês, vcs comem isso aí no Japão?". Ele respondeu que não, os franceses riram e a conversa morreu. Ele continuou falando cmg, mas não com os franceses. Os finlandeses falavam comigo, as suíças falavam comigo, os colombianos tb. Todo mundo falava comigo, mas eles não se falavam entre si. I mean NEVER!

Gente, isso é insusportável, parece que o Brasil é o país conciliador, mas ninguém me ajuda muito, sabe? Amiguinho Rainer, vc é capaz de nos explicar o que aconteceu na história que fez esse povo se odiar tanto?

2 comentários:

  1. Ana Carolina Castro15/5/13 16:46

    Franceses odeiam alemães. Claro que tem muitas exceções, mas ainda rola um ranço aí da 2ª guerra.

    ResponderExcluir
  2. Lembrei muito das piadinhas do Joãomar sobre franceses e ingleses... :)

    ResponderExcluir

Pra ser avisado sobre uma resposta pro seu comentário, lembre-se de marcar a caixinha de "Notifique-me" ali, no cantinho à direita.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...