Páginas

23 de jul de 2011

Eu quero descer

Daí que agora eu tô fechando o jornal - for real - e só consigo sair depois da 1 da manhã da empresa. Empresa essa que investiu um pedaço do meu PPR (participação nos lucros) [REVOLTA-hahahaha] pra colocar umas luzinhas de LED na antena. E aí que ela brilha e me ajuda a passar o tempo quando tô lanchando ao ar livre e tal, mas, oeeee, é só uma luzinha que muda de cor. Gente da cidade grande tá acostumado a ver luzinha.

Veja bem, DA CIDADE GRANDE. E, oeeee, eu tô falando de Goiânia. 

Mas aííííí... sempre tem alguém pra me surpreender. Minha vida é feita de surpresas - boas e ruins. Vamos à história:

Estávamos eu e João (nome fictício) saindo do jornal e indo pro estacionamento à 1h20, aquele breu danado, a gente cansado pra caralho e com frio. Daí uma caminhonete branca passou na rua beeeeeeeeemmm devagarinho. E eu pensei que a gente fosse ser assaltado na frente da empresa. Mas aí o João percebeu que a pessoa sentada no banco do passageiro tava tirando fotos com um celular. Era a máfia? Não, não era a máfia. A história segue.

A caminhonete parou. DO LADO de onde ficam os latões de lixo da empresa. Motorista e passageira descem. Passageira sobe na caçamba da caminhonete branca. Faz pose. Motorista faz fotos. A moça queria aparecer com as luzes de LED coloridas ao fundo. Em fotos feitas com o celular. À 1h20 A.M.

Agora, por favor, alguém para o mundo que eu quero descer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pra ser avisado sobre uma resposta pro seu comentário, lembre-se de marcar a caixinha de "Notifique-me" ali, no cantinho à direita.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...