Páginas

21 de jan de 2011

Karma


Dizem que quanto mais vc odeia sua mãe, maiores são as chances de seu filho ou filha se parecerem com ela. É um karma. Isso bem acontece com a minha família.

Minha mãe super odiava o jeitão descontraído da minha avó, que adorava um vinho, fazer festas e falar bobagem. Ô véia da boca suja, vou te contar. Minha mãe é bem o oposto dela: sisuda, organizada, antissocial e o palavrão mais violento que já saiu da boca dela foi pra um cara que a fechou no trânsito: "Seu feiooooo!!". Juro. Isso realmente aconteceu.

De tanto minha mãe falar do jeito desparolado de ser da dona Jesuína, nasceu Marlinha, que mais parece ter sido criada com a avó. Eu não tenho absolutamento nenhuma das características sociais dos meus pais. O que a minha mãe tem de menos, o meu pai tem de mais, logo, gosto de me comparar à minha avó, que era o meio-termo dos dois.

Só sei que morro de rir quando algumas amigas vêm passar uns dias em Goiânia e escolhem a minha casa para se hospedarem. Minha mãe tem essa mania de querer ser massa, tipos, "trata bem essas meninas, hein?". Mas pergunta se ela fica aqui? Ela some. Some! rs

Esses dias fui parar no Metropolis sozinha numa sexta-feira. Só sei que eu trouxe o pão no sábado. E ela:
- Foi com quem?
- Uai, ninguém quis ir e eu queria ouvir as músicas que iam tocar, então fui sozinha mesmo.
- Sozinha?
- Anram.
- Quem vai sozinha pra boate é puta atrás de cliente.

OOOOOOIIIIIIIII????????
Capaz que ela também acha que a gente ouve Abba e usa meias lurex, né? Não sei.

Como se isso não fosse suficiente, conto outra:
Saí da redação do jornal, sem um pingo de sono, fui com um amigo prum barzinho. Quando penso que não, o telefone toca, ali por volta das 4h30:
- Maaaaaaaaaaaaaaaarla, onde você está?
- Uai, mãe. Num barzinho com o Fulano. Te avisei, oras.
- Que barzinho??
- Barzinho tal.
- Às 4h30?
- Anram.

Quando chego em casa, por volta das 6h30, ela vem me perguntar se eu tava no motel com o Fulano.
OOOOOOIIIIIIIII????????

Olha, não tá fácil ser eu. Acho que o Rainer deveria reconsiderar e parar de me chamar de recalcada, porque, OLHA, tô achando que eu tenho escola. Mas o medo maior mesmo é quando eu tiver filhos... Vai que..., né?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pra ser avisado sobre uma resposta pro seu comentário, lembre-se de marcar a caixinha de "Notifique-me" ali, no cantinho à direita.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...