Páginas

29 de abr de 2010

Naves espaciais aterrorizam jataienses

Em Jataí, no Sudoeste do Estado, um tipo de veículo muito comum tem tirado do sério as pessoas de bem. O tal veículo, robusto e produzindo um grave som, é fácil alvo de críticas devido à irresponsabilidade daqueles que o dirigem. Durante o dia desrespeitam os sinais de trânsito, atropelam pedestres e atingem motociclistas. Durante a noite, além de tudo, produzem um som alto e grave, exercendo sobre as estruturas das casas um efeito de terremoto, colocando em alerta os moradores da rua por onde passa.

O veículo também é, muitas das vezes, conduzido por adolescentes que sequer poderiam guiá-lo ou ainda por marmanjos embriagados e desatentos. Até então o tal veículo era conhecido por caminhonete, mas em Jataí o nome foi reconfigurado pelo secretário de Cultura, Marquim. "Caminhonete? Não, elas são naves espaciais. Veja como o condutor acredita que está pilotando em outro mundo", esclarece.

Como este tipo de veículo ainda não teve a circulação impedida pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran), as autoridades pedem cautela aos pedestres e demais que utilizam as vias de Jataí para trafegarem. A ordem expressa é de que, devido ao perigo, mantenham distância máxima das naves espaciais.

Por Marla Rodrigues
de Jataí

***** Este texto é uma obra de ficção. Qualquer semelhança com a vida real é mera coincidência.

Um comentário:

  1. Mauro Brait30/4/10 09:08

    Ah, cara reporter... não poderia deixar de comentar essa. Fiz um levantamento estatístico e cheguei a uma interessante conclusão: quem tem (ou pilota) uma nave espacial modelo F-250 se acha o rei do trânsito. Intangível, onipotente.
    Observando os pilotos, percebe-se que os mesmos costuma invadir as preferenciais e avançar os sinais vermelhos. Param em qualquer lugar, até no meio da rua, deliberadamente. Apesar do enorme retrovisor, não costumam utilizar tal acessório. Geralmente pilotam com um braço pra fora, como se tivessem sentados em um trono. Trono da arrogância, parafraseando a ex-senadora Heloísa Helena.
    Portanto, sugiro uma atenção especial às naves modelo Ford/F-250.

    ResponderExcluir

Pra ser avisado sobre uma resposta pro seu comentário, lembre-se de marcar a caixinha de "Notifique-me" ali, no cantinho à direita.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...