Páginas

16 de dez de 2009

Em busca de respostas



Longe de mim contestar as ordens dos meus chefes, afinal, é pra isso que eu trabalho: pra cumprir ordens.

Porém, não pude deixar de questionar - várias vezes, eu confesso - a razão de o jornal se interessar em publicar a nomeação do novo bispo da Diocese de Jataí. Como não consegui me convencer da importância do fato, fui em busca de outras e diferentes respostas.

E comecei pelo diretor de jornalismo da TV, a quem eu respeito muito e até chamo de "Mestre". Ele me disse pra imaginar que:

1. A Diocese de Jataí é muito importante pois engloba 27 cidades da região sudoeste do Estado;
2. A Igreja Católica tem o maior número de fiéis no país.

Sinceramente eu acho que a Igreja Católica tá beeeem fora de moda, então me custa entender a importância de uma diocese. Trabalhos voluntários? Outras instituições não-religiosas também o fazem, então teríamos que ter mais espaço no jornal. E dizer que a Igreja Católica tem o maior número de fiéis no país é um tanto questionável, afinal, todo dia abrem milhões de igrejas evangélicas. E a capacidade desse povo de "arrebanhar fiéis" é desesperadamente impressionante.

Logo, respeito a opinião dos editores e do Mestre, que entendem de jornalismo muito mais do que eu, porém ainda não consigo compreender a relevância do assunto. Por que um fato, que só interessa a uma parcela reduzidíssima da população, deveria ser publicado?

Sei lá, mas acho tão demodé falar de religião dentro de um jornal... Se for assim a gente também teria que dar notícias do bispo Macedo, não? Deus me livre-e-guarde! Sei que alguns vão pensar que eu estou dando importância demais ao assunto, mas é sério, fiquei sem entender.

Um comentário:

  1. Quando achar essa resposta, nos presenteie com outra postagem. A propósito, além do decrépito bispo Macedo, não se esqueça do "missionário" R.R. Soares e seu discurso prepotente, do apóstolo Estevam Hernandes e a bispa Sônia, que estavam de férias nos States, ele bem acomodado, e ela com uma tornozeleira super "féxion" e do Silas Malafaia, a figura mais caricata da televisão. É isso! Inauguramos a página "religião" logo após a parte da "política" no jornal, com essas figuras. Sempre, claro, com todo o respeito!

    ResponderExcluir

Pra ser avisado sobre uma resposta pro seu comentário, lembre-se de marcar a caixinha de "Notifique-me" ali, no cantinho à direita.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...