Páginas

17 de dez de 2009

Ê, justicinha!



Francamente... Essa Justiça brasileira é uma vergonha, pra não dizer um palavrão.

Essa história do menino americano que perdeu a mãe e cujo pai luta contra o padrasto do garoto por sua guarda está uma verdadeira putaria (desculpem, mas não consigo encontrar outro adjetivo no momento).

Hoje de manhã li no jornal que o pai tinha voltado ao Brasil porque a Justiça havia decidido que os avós e o padrasto tinham até 48 horas para entregar o menino. Já à tarde, rola um habeas corpus e a guarda do garoto volta para os avós e padrasto.

E o homem vem buscar o filho e vai - pela enésima vez - voltar de mãos vazias. Que vergonha! Eu não tenho opinião formada sobre esse caso, mas já estou quase me convencendo que o melhor é que esse garoto tenha a chance de crescer num país com um pouco mais de organização no quesito Justiça.

Pra quem quer ler as últimas notícias sobre o caso, aí vai o link:
http://www1.folha.uol.com.br/folha/cotidiano/ult95u668233.shtml

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pra ser avisado sobre uma resposta pro seu comentário, lembre-se de marcar a caixinha de "Notifique-me" ali, no cantinho à direita.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...