Páginas

2 de nov de 2009

O dia de Finados

Minha curiosidade é insana? Será que só eu é que acho que um dia dedicado aos mortos é uma perda de tempo total? O dia dos pais e o dia das mães é num domingo - dia de descanso - mas o dia dos mortos é um feriado. Isso não é dar importância demais a quem já não faz mais nada nesse mundo?

Pior que isso, penso: por que TODOS os jornais dão tanta atenção à movimentação em cemitérios, em exploração comercial nos arredores e na dor daqueles que ainda se emocionam ao lembrar de parentes queridos que já se foram?

Sei não, mas acho tudo isso muito urubu. Parece que jornalista tem uma alma urubuzada. Até eu tento me policiar, mas tem hora que sai naturalmente, infelizmente. Faço uma ronda na Polícia Rodoviária Federal:

- Alguma ocorrência hoje, policial?
- Só um acidente, sem gravidade. Deseja mais informações sobre o ocorrido?
- Morreu alguém?
- Não.
- Então não, obrigada. Bom trabalho!

Meio cruel, mas o meio está me contaminando. Espero que eu consiga manter pelo menos a cabeça fora do lamaçal.

Um comentário:

  1. Sei que ta atrasado, mas tenho que comentar. Quase fui crucificado quando disse que iria aproveitar esse feriado aí (que prefiro chamar de "dia do presunto") num clube. Aliás, acerca de feriados, preferia que todos fossem extintos e, caso a "classe dos trabalhadores" reivindicasse, que se desse uma semana de folga, independente de férias. Se vivemos num estado laico, qual a razão de ser eu coagido a fechar minha empresa, sob pena de multa, por conta de um feriado de Nossa Senhora Aparecida? Ta bom, já falei muita abobrinha, desculpe. Oportuna sua postagem, parabéns.

    ResponderExcluir

Pra ser avisado sobre uma resposta pro seu comentário, lembre-se de marcar a caixinha de "Notifique-me" ali, no cantinho à direita.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...