Páginas

29 de out de 2009

Qual a importância do agronegócio?

Me liga o cara da assessoria da Andef (não sabe o que é? Joga no Google, bem!), a quem eu tinha procurado duas semanas atrás:

- Marla? Tudo bem? Estamos fazendo uma pesquisa para entender como os formadores de opinião (eu????? rsrsrs) vêem o agronegócio, de modo a melhorarmos nossos próprios trabalhos. Você pode responder algumas perguntas agora?

- Posso, mas você não prefere falar com meu editor? Ou com alguém que realmente entenda de agronegócio? Eu só to no ramo há três meses.

- Não, o seu perfil também é importante em nossa pesquisa. Você pode responder?

- Posso.

- Como você vê o agronegócio?

Pausa.... que pergunta estranha! Nunca tinha pensado nisso antes!

- Não sei, nunca tinha pensado nisso antes. Mas pelo menos pra região onde eu estou, a agricultura é muito importante, principalmente porque Jataí é o maior produtor de grãos do estado de Goiás. É um negócio que movimenta muito dinheiro e provavelmente é o responsável por pelo menos 90% da receita deste município.

- Sim... (pausa pra anotação). Qual o panorama do agronegócio? Para o futuro, o que você imagina?

- Imagino um monte de produtor que não ouviu os especialistas e plantou mais do que deveria. Quando forem colher essa safra, a oferta vai ser muito maior do que a procura e os preços vão ter despencado. Sorte de quem conseguir pagar os custos da produção. Essa é uma safra histórica pros Estados Unidos e ninguém ouviu as entidades que cuidam desses produtores. Não vejo boas perspectivas.

- E quando você pensa em agricultura, qual é a primeira coisa que lhe vem à cabeça?

Pausa... Meu Deus! cabeça... alguma coisa à cabeça, por favor!

- Ué, sei lá! Imagino uma coisa completamente diferente do que acontece hoje. Fico revoltada ao ver que toda essa produção de bilhões de toneladas é exportada para China e Europa para virar ração ao invés de ser usada em benefício humano. Bilhões de pessoas morrendo de fome e tudo o que esses grandes produtores pensam é lucrar. Agricultura não deveria ser sinônimo de subsistência humana?

- Nossa, que interessante você dizer isso. (pausa para anotar) ... E os defensivos agrícolas? Como você os vê? São importantes?

- Com certeza são. Para os produtores não perderem suas plantações. No entanto, a gente come um monte de legumes, verduras e frutas achando que ta cuidando da saúde quando, na verdade, estamos nos entupindo de excesso de resíduos de agrotóxicos. Quão mal isso vai nos fazer daqui 20, 30 anos? Teremos câncer? Não se sabe. E o produtor não está preocupado com isso. E a indústria de defensivos agrícolas deveria se preocupar mais em ensinar seus clientes a aplicar corretamente seus produtos, porque fazendo de qualquer jeito eles vão acabar nos matando. 

- Puxa! Tem certeza que você só tem 3 meses de experiência com agronegócio?

- Absoluta. Nunca tinha nem lido a esse respeito antes.

- Muito maduras suas opiniões.

Do outro lado da linha, estufo o peito - mas ele não vê...

- Muito obrigada!

- É isso. Muito obrigado por seu tempo e disposição.

- De nada. Tchau, boa tarde!

---------------------------------------------

Tá, fiquei orgulhosa da parte do "muito maduras suas opiniões", afinal, sou só uma iniciante nesse mundo estranho e milionário do agronegócio. E vocês? Já pensaram a respeito do agronegócio?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pra ser avisado sobre uma resposta pro seu comentário, lembre-se de marcar a caixinha de "Notifique-me" ali, no cantinho à direita.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...